Terça-feira, 22 de Fevereiro de 2011

Onde?

céu-algarve.jpg

 

pensava eu

que entre mim e a eternidade havia tudo o que vejo

e não vejo

 

querendo-a

pensava eu

tinha de pisar um carreiro estreito e muito longo

para chegar a um ponto que via donde partia

mas que a cada passo meu

dava ele um passo certo comigo e ficava

mais à frente no caminho

tão perto como antes

 

e eu ainda ali no sitio da partida

 

pensava eu

que entre mim e a eternidade estaria deus

 

aquele deus que me ensinaram em criança

um velho barbudo e severo

tão antigo quanto o testamento

vestido de branco e sentado num sólio de nuvens

brancas da cor da luz

porque as negras adivinhavam outros tempos

 

às vezes

pensava eu

que  o carreiro que imaginava subia

até à eternidade por uma montanha sem descida

e tinha certo que acabaria acima das nuvens

onde estaria sentado por perto o deus dos homens

 

luminoso

rutilante

incandescente

 

mas com a liberdade com que nasci e com o tempo

que me foi dado para chegar  ao que vejo e não vejo

sei hoje que entre mim e a eternidade não há mais nada

 

estou no caminho da montanha

e toda a eternidade que eu possa querer

não está noutro sitio que não seja dentro de mim

 

e os passos que eu dou transportam a eternidade comigo

porque a partida e a chegada se fecham em círculo

são atributo do que é divino

e  tributo dele a todos os homens

 

procura

procura e encontrarás

 

mas onde?

 

em ti porque és a segunda pessoa

que na gramática dos homens será com quem falas

mas na gramática divina é o filho que teima em não ouvir

porque deixou de saber falar consigo mesmo

e perdeu-se

 

pensava eu que a eternidade era assim longínqua

como no fim do céu

quando afinal está aqui

na terra

e entre mim e ela estou eu


(c)Todos os Direitos Reservados LFMarques às 22:23
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

.pesquisar

 

.Março 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


.links

.arquivos

. Março 2017

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Abril 2016

. Janeiro 2016

. Outubro 2015

. Agosto 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Dezembro 2014

. Outubro 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Agosto 2013

. Maio 2013

. Março 2013

. Dezembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Novembro 2011

. Setembro 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Dezembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Maio 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

.tags

. todas as tags

Number of online users in last 3 minutes
Locations of visitors to this page
blogs SAPO

.subscrever feeds