Segunda-feira, 10 de Janeiro de 2005

Cidade madrasta

1. no bulício da cidade não encontro
búzios nem conchas

2. bem longe as ondas libertam-se na falésia
suicidas rebentam numa revolta contida
turbulenta à superfície
muito serena junto ao chão

3 . quando se pertence ao mar
todas as cidades são madrastas




(c)Todos os Direitos Reservados LFMarques às 00:02
link do post | comentar | favorito
8 comentários:
De Anónimo a 14 de Janeiro de 2005 às 18:38
Quando as palavras são belas demais, não há comentários a altura. Abstenho-me! Atenção: não me irei abster no dia das eleições!Claudia
(http://diarioescritora.blogs.sapo.pt)
(mailto:claudiarodriguesfr@sapo.pt)


De Anónimo a 14 de Janeiro de 2005 às 01:44
Gostei deste espaço que não conhecia e do cheiro a maresia que senti neste post!
Beijo da Mar RevoltoMar Revolto
(http://aromasdomar.blogspot.com)
(mailto:o_sextosentido@hotmail.com)


De Anónimo a 14 de Janeiro de 2005 às 01:43
Gostei deste espaço que não conhecia e do cheiro a maresia que senti neste post!
Beijo da Mar RevoltoMar Revolto
(http://aromasdomar.blogspot.com)
(mailto:o_sextosentido@hotmail.com)


De Anónimo a 13 de Janeiro de 2005 às 14:32
Nasci e cresci á beira do rio Douro...em trás os montes...não pertenço ao mar, mas ao rio, aquele rio magestoso e belo...mas concordo plenamente que as cidades são madrastas...insensiveis que nos tiram os cheiros, os barulhos e os silêncios do mar...do rio...onde não encontramos os búzios nem as conchas...angelis
(http://pedevento2004.blogs.sapo.pt)
(mailto:angelis@sapo.pt)


De Anónimo a 13 de Janeiro de 2005 às 14:17
:" Na cidade, melodias de fome ascendem do asfalto e a luz rasga a noite das estrelas..." Obrigada pela visita. Voltarei :)
luisa
(http://navegarepreciso.blogs.sapo.pt)
(mailto:luisa5555@hotmail.com)


De Anónimo a 13 de Janeiro de 2005 às 11:12
Cidades madrastas de que somos filhos, tendo por irmãos o campo, o sol e o mar ;) bjsridufa
(http://luzde1vela.blogs.sapo.pt)
(mailto:ridufa@net.sapo.pt)


De Anónimo a 13 de Janeiro de 2005 às 10:41
Quando somos do mar, todas as cidades são madrastas. Penso k tens toda a razão.João P.
</a>
(mailto:j.p.s.@hotmail.com)


De Anónimo a 10 de Janeiro de 2005 às 19:22
Sim...quando somos de todo o lado e de lado algum. um beijo*Virgínia Pedras
(http://semipoetisa.blogs.sapo.pt)
(mailto:gina_pedras@yahoo.com)


Comentar post

.pesquisar

 

.Agosto 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.links

.arquivos

. Agosto 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Março 2017

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Abril 2016

. Janeiro 2016

. Outubro 2015

. Agosto 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Dezembro 2014

. Outubro 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Agosto 2013

. Maio 2013

. Março 2013

. Dezembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Novembro 2011

. Setembro 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Dezembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Maio 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

.tags

. todas as tags

Number of online users in last 3 minutes
Locations of visitors to this page
blogs SAPO

.subscrever feeds