Sábado, 9 de Março de 2019

FdP

F0B37181-014A-4237-B06F-795A0C7CF7A1.png

Releio o Alberto Canela (ou será Pimenta?)

e desde logo me surpreendo!

Então o homem não fala dos pequenos e dos grandes

e deixa no esquecimento os refinados e os refinadíssimos?

 

Que os pequenos aspirem a ser grandes, é vulgar.

Que os filhos da puta, ou de puta (sei lá eu,

porque o da e o de parece definir o estatuto

da patuleia e dos bem-aventurados),

aspirem o pó fino da filha da putisse

com a mesma naturalidade com que respiram

o ar que todos respiramos, é vulgaríssimo!

 

O que já não é vulgar é que nos digam

com aquele ar cândido de anjinhos que sabem pôr,

​que se nos metem o dedo no cú é para nosso bem,

​que sem eles, o que seria de nós

​e que tudo conduzem em nome do bem comum.

 

Tanto o refinado como o refinadíssimo filho da puta

serão sempre bem-aventuranças em pessoa.

Sempre!

 

Não é que tenham recebido essa graça nas margens do Tiberíades.

Não. Não é disso que se trata.

Eles são bem-aventuranças

porque todos os filhos da puta são filhos de Deus.

Mas não sabem.

 

O pequeno difere do grande pelo tamanho.

Mas o refinado filho da puta difere do refinadíssimo

pela qualidade das filhas da putisse

que distribui Urbi et Orbi.

 

Dizia o filósofo antigo que os justos são serenos

e solícitos os injustos. Nada mais verdadeiro!

Não conheço refinado nem refinadíssimo filho da puta

​que de dia não seja solícito e prestável,

​que não fale espargindo simpatia.

 

E à noite?

À noite descansam os filhos da puta que são!

E valha-nos, ao menos, o sono que têm: porque também dormem.

É da sua condição!

 

Mas quando acordam, logo

​ladram às caravanas dos outros

​e uivam de raiva, de inveja e de ciúme.

 

É da sua qualidade!

O seu costume.

 


(c)Todos os Direitos Reservados Luís Natal Marques às 16:13
link do post | comentar | favorito

. ver perfil

. seguir perfil

. 16 seguidores

.pesquisar

 

.Julho 2020

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


.links

.posts recentes

. Ausência

. A burra do senhor Pombinh...

. Véu de silêncio

. Lamento de mãe

. Admiráveis mentiras

. Os vidros ( I )

. Olisippo

. O pomar das virtudes

. Luz de Maio ( I )

. Herr Kant

. FdP

. No limite

. Surpreende-me !

. Noites Frias

. A Corrente

. Penas

. Sonho ( I )

. Filósofos

. Pequenos prazeres

. E vindes só?

.arquivos

. Julho 2020

. Junho 2020

. Abril 2020

. Janeiro 2020

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Agosto 2018

. Junho 2018

. Abril 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Agosto 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Março 2017

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Abril 2016

. Janeiro 2016

. Outubro 2015

. Agosto 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Dezembro 2014

. Outubro 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Agosto 2013

. Maio 2013

. Março 2013

. Dezembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Novembro 2011

. Setembro 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Dezembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Maio 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

.tags

. todas as tags

Number of online users in last 3 minutes
Locations of visitors to this page
SAPO Blogs

.subscrever feeds